"Bolsonaro traidor" é entoado por policiais e até por deputados do PSL, durante ato na Câmara do Deputados



Policiais representando as mais diversas corporações entoaram, na segunda e na terça-feira, gritos de "Bolsonaro Traidor", durante manifestação na Câmara do Deputados.

Os policiais, que apoiaram a eleição de Bolsonaro, consideram-se traídos pelo presidente por causa da Reforma da Previdência,  na qual esperavam ter tratamento diferenciado em razão das funções exercidas. No decorrer do dia, a pedido de Bolsonaro, que ficou acuado com as pressôes dr sua base policial, parlamentares governistas tentaram negociar regras de transição mais favoráveis aos policiais, contra a vontade de Paulo Guedes, representante dos interesses do mercado financeito, mas a oferta não foi aceita e a revolta não pode ser contida. 

Dos 54 deputados eleitos pelo PSL, 22 são policiais e destes pelo menos 20 participaram do protesto e chamaram Bolsonaro de traidor.

Vejam o vídeo. O registro é do jornal O Povo, do Ceará.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE

Exclusivo: Relatório do MPPE comprova que SDS tenta responsabilizar delegada Patrícia por prescrições ocorridas no século passado, antes da policial ingressar na própria Policia Civil. Quem estão querendo acobertar?