"Bolsonaro traidor" é entoado por policiais e até por deputados do PSL, durante ato na Câmara do Deputados



Policiais representando as mais diversas corporações entoaram, na segunda e na terça-feira, gritos de "Bolsonaro Traidor", durante manifestação na Câmara do Deputados.

Os policiais, que apoiaram a eleição de Bolsonaro, consideram-se traídos pelo presidente por causa da Reforma da Previdência,  na qual esperavam ter tratamento diferenciado em razão das funções exercidas. No decorrer do dia, a pedido de Bolsonaro, que ficou acuado com as pressôes dr sua base policial, parlamentares governistas tentaram negociar regras de transição mais favoráveis aos policiais, contra a vontade de Paulo Guedes, representante dos interesses do mercado financeito, mas a oferta não foi aceita e a revolta não pode ser contida. 

Dos 54 deputados eleitos pelo PSL, 22 são policiais e destes pelo menos 20 participaram do protesto e chamaram Bolsonaro de traidor.

Vejam o vídeo. O registro é do jornal O Povo, do Ceará.


MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal