"Bolsonaro traidor" é entoado por policiais e até por deputados do PSL, durante ato na Câmara do Deputados



Policiais representando as mais diversas corporações entoaram, na segunda e na terça-feira, gritos de "Bolsonaro Traidor", durante manifestação na Câmara do Deputados.

Os policiais, que apoiaram a eleição de Bolsonaro, consideram-se traídos pelo presidente por causa da Reforma da Previdência,  na qual esperavam ter tratamento diferenciado em razão das funções exercidas. No decorrer do dia, a pedido de Bolsonaro, que ficou acuado com as pressôes dr sua base policial, parlamentares governistas tentaram negociar regras de transição mais favoráveis aos policiais, contra a vontade de Paulo Guedes, representante dos interesses do mercado financeito, mas a oferta não foi aceita e a revolta não pode ser contida. 

Dos 54 deputados eleitos pelo PSL, 22 são policiais e destes pelo menos 20 participaram do protesto e chamaram Bolsonaro de traidor.

Vejam o vídeo. O registro é do jornal O Povo, do Ceará.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia