Governo de Pernambuco descumpre acordo com MPPE e pacientes continuam sofrendo com a falta de medicamentos para doenças graves



Nosso Blog recebeu a seguinte denúncia de uma paciente vítima de artrite reumatoide que mora em Ponte dos Carvalhos, segundo a qual após a transferência da obrigação de fornecimento de sua medicação passar do Hospital das Clínicas para o Governo do Estado de Pernambuco, o fornecimento deixou de ocorrer, ocasionando-lhe dores insuportáveis. Com a palavra a Secretaria de Saúde de Pernambuco e o MPPE, com quem o Governo se comprometeu a regularizar os fornecimentos dr medicamentos.

Segue a denúncia recebida da paciente cujo nome omitimos para sua segurança e privacidade, via WhatsApp:

"Olha desejo se possível mim ajude.E que está faltando a minha medicação faço uso duas vezes por dia do Citrato de Tofacitinibe de 5mg que a mais de 3 anos serve para artrite reumatoide.Antes o HC mim fornecia só que foi passado esse ano para o Estado assumir foi uma burocráticia a qual cumpri todas recebi 3 meses a última caixa em maio e fiz a renovação por mais 3 meses o vencimento de 09 a 15 todo o mês,só que até então estou a mais de um mês sem receber. Sinto forte dores estou mim virando com analgésicos não aguento mais ."

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas